Transporte e Entrega

TRANSPORTE E ENTREGA

A EQUIPLEVA, Lda. compromete-se a entregar os produtos no local indicado pelo Cliente desde que as suas instalações se situem ao nível do solo e em Portugal continental, salvo acordo expresso com a EQUIPLEVA. Se o local indicado pelo Cliente não respeitar estas condições, a EQUIPLEVA pode efectuar, a pedido daquele e a título de serviço acessório, a entrega da encomenda no respectivo local cujos custos adicionais daí decorrentes, previamente comunicados e aceites pelo Cliente, lhe serão imputados. No caso de omissão, por parte do Cliente, de que o local de descarga não cumpre as condições supra indicadas ou caso ocorra a não aceitação da proposta do serviço acessório de entrega, o risco das mercadorias corre por conta do Cliente, desde que as mesmas sejam transportadas até junto da morada por ele indicada.

É permitido à EQUIPLEVA efectuar a entrega parcial das encomendas, designadamente quando não disponha de produtos em stock. Sempre que a EQUIPLEVA não possa enviar os produtos encomendados por motivos de ruptura de evento de stock, força maior, ou outros alheios à sua responsabilidade, compromete-se a informar o autor da encomenda de tal impossibilidade, podendo apresentar produtos alternativos, isto é, com as mesmas características. 

A EQUIPLEVA não assegura o prazo de entrega efectivo dos produtos encomendados, pelo que os atrasos que se verifiquem entre a expedição e a receção não conferem ao Cliente o direito de anulação da encomenda ou de exigir qualquer indemnização, seja a que título for, devendo a EQUIPLEVA, nestes casos, informar o Cliente das razões motivadoras do atraso. É expressamente entendido que os prazos comunicados pela EQUIPLEVA são meramente indicativos, pelo que o seu incumprimento, em caso algum poderá constituir um encargo ou responsabilidade da EQUIPLEVA. 

No acto da entrega, o Cliente, na presença do transportador, deve verificar o bom estado dos produtos entregues e conferir o número de volumes rececionados com o constante na guia de transporte. Caso as embalagens apresentem sinais de dano ou violação, o Cliente, na presença do transportador, deverá proceder à abertura das mesmas, conferir o estado dos seus conteúdos, registar tais factos na guia de transporte e, se possível, tirar fotografias. Terá então que dar conhecimento por escrito à EQUIPLEVA dos danos ou violações, no prazo máximo de 72 horas, sob pena de não serem aceites quaisquer reclamações com esse fundamento. 

O procedimento supra referido é igualmente aplicável à não conformidade relativa à prestação de serviços acessórios à venda que, eventualmente, tenha sido acordada para a realização da entrega. Os fornecimentos para as Regiões Autónomas da Madeira e Açores carecem de um acordo prévio de condições especiais de transporte.